Conversão da linha digitável em código de barras e vice-versa


Para calcular a data de vencimento, o valor, etc.,
é só preencher os campos abaixo.


Digite a Linha Digitável:
Digite o Código da Barra:
Verificação do Vencimento:
Verificação do Valor:
Nos campos acima é possível simular ou validar campos que constam em um boleto bancário de cobrança. Dados como "data de vencimento" e "valor" são facilmente identificados, se observadas as informações contidas na página como calcular o "Vencimento e valor do boleto", deste blog. Também é possível converter a "linha digitável" do boleto na "representação numérica do código de barras" e vice-versa. Você pode fazer quantas simulações quiser.

Importante: em caso de dúvidas, e antes de efetuar qualquer pagamento, consulte o seu banco ou o emissor do boleto bancário. 

Fatos e curiosidades sobre boletos bancários de cobrança

I - o boleto bancário de cobrança, tal como conhecemos hoje em dia, com linha digitável e código de barras, "nasceu" em 3/1/1994 (fonte: Banco Central do Brasil - Carta-Circular nº 2.414 de 7/10/1993);

II - antes do atual modelo de boleto existiam as "fichas de compensação", emitidas em 3 vias - ficha de compensação, recibo do sacado e documento de caixa - (fonte: Banco Central do Brasil - Circular nº 238 de 19/11/1974;

III - o boleto bancário é um documento que só existe no Brasil;

IV - estima-se que são pagos 3,5 bilhões por ano de boletos bancários;

V - em "quantidade" de transações, os boletos só perdem para os pagamentos efetuados pelos cartões de débito ou crédito;

VI - já em "valores", os boletos representam cerca de 39% de todos os pagamentos efetuados;

VII - por ano, são identificadas 50 mil inconsistências no boletos;

VIII - em 2015 as fraudes com boletos aumentaram 140% em relação a 2014; e

IX - para 2016 estima-se um aumento de 40% de fraudes em relação a 2015.